ChocolateDestaqueNotícias

De todas as novidades sobre os benefícios do chocolate para a saúde a mais bizarra foi a de hoje (2/07/16) publicada no Daily Mail Online.

Algumas boates estão usando chocolate em pó para cheirar. Claro que é o pó de cacao sem nenhum aditivo (raw chocolate). todos já sabem que quanto mais puro ou seja mais elevado o teor de cacao melhor para a saúde o chocolate.

Nem sabia que o efeito estimulante, revigorante e anti stress do cacao poderia ser absorvido pelo organismo pelas vias nasais, mas segundo o Chocolatier Dominique Persoone, que inventou um device próprio, funciona. Não deixa de ser algo positivo, por mais louco que pareça, se comparado com outros estimulantes.

Segundo o artigo o chocolate bruto (raw) proporciona a “liberação de endorfinas na corrente sangüínea que estimulam sentimentos de euforia principalmente combinando com música dançante.”

“O chocolate ainda contém alto percentual de magnésio que relaxa os músculos. O magnésio também ajuda o sistema imunológico e regula o sono. Um experimento do London Kingston University provou que o chocolate faz com que ciclistas pedalem mais rápido e por uma distância maior.”

Finalmente se acredita que a epicatecina, abundante no chocolate amargo estimula o corpo dilatando os vasos sanguíneos.

Servir barras de chocolate amargo e drinks de cacao sem alcool já é costume em boates pelo mundo inclusive Alchemy Eros. Heston Blumenthal chef do famoso restaurante The Fat Duck, adotou sniffing chocolate, como uma tendência e serve várias misturas, como uma mistura de cacao Dominicano com Peruano com gengibre e menta.

O fato é que o chocolate amargo pode trazer muitos benefícios para o corpo, e pode ser usado por todos em situações de fadiga, stress ou apenas quando desejam ampliar aquela sensação de alegria e bem estar. Pode ser ótima opção para quando recebe em casa, usar cacao em pó não apenas nas sobremesas, mas nos drinks e mesmo em pratos salgados, para revitalizar seus convidados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário